Notícias da edição 710 • 22 de julho de 2016 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS


CAPA E DESTAQUES

Caixa vai financiar imóveis de até R$ 3 milhões

Ao saber que a Caixa Econômica Federal vai financiar imóveis até R$ 3 milhões, o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Rio Grande do Sul avaliou a medida como excelente. Ricardo Sessegolo disse que o mercado estava esperando a notícia. "Vai dar uma reativada", avaliou o mandatário do Sinduscon-RS. Além do aumento do teto de financiamento, a Caixa vai aumentar o percentual financiado e facilitar as condições para as construtoras. O objetivo é acelerar os negócios no segundo semestre, conforme agências de notícias. O pacote vai dobrar o valor para R$ 3 milhões, o que é considerado uma das principais medidas. A Caixa elevará a cota de financiamento no Sistema Financeiro Imobiliário, usado para imóveis de valor superior a R$ 750 mil, de 70% para 80% nos imóveis novos, e de 60% para 70% no caso de usados. Também vai reabrir e aumentar a linha que permite transferência de financiamento imobiliário contratado com outros bancos. Hoje, o limite é de 50%. A ideia é ampliar para 70%. O setor imobiliário, e a construção civil na esteira, foi um dos primeiros a sentir a crise econômica. Além das condições piores no geral da economia, o crédito ficou mais caro e mais restrito. Houve queda forte nas vendas e no lançamento de empreendimentos. Os preços estão apresentando queda real, ou seja, maior do que a inflação. E preocupa porque ainda não tem dado sinais de retomada. As medidas que a Caixa Federal deve anunciar são voltadas para famílias de renda mais alta. Em grande parte, a retirada de recursos da poupança tem tornados escassos os recursos para o financiamento imobiliário. E a caderneta é a principal fonte. O ministro das Cidades disse na semana passada que a Caixa Econômica Federal também está voltando a acelerar contratações no Minha Casa Minha Vida. Bruno Araújo informou que o Governo Federal pretende contratar de trezentas a quatrocentas mil unidades das faixas 2 e 3 do programa até dezembro.

Grupo Comiotto lança o edifício Maximus

A noite do dia 12 foi marcada pelo lançamento do edifício Maximus do Grupo Comiotto. O empresário Luis Carlos Comiotto, presidente da empresa Longevidade Construções que pertence ao grupo, contou um pouco da história da empresa, já com dezoito anos de tradição, e apresentou o novo empreendimento. Além de possuir alto padrão de acabamento, o Maximus conta com apartamentos modernos e funcionais de dois e três dormitórios com suíte, ótima posição solar e localização na avenida Júlio de Castilhos, 205, bem na entrada da cidade. A infraestrutura é altamente sustentável, e há ótimas condições de pagamento. O prédio virtual pode ser conferido no escritório da construtora na Astério de Mello, 35, sala 2. O telefone é 3441-5239 e na Internet o endereço é www.longevidadeconstrucoes.com.br.

Toma posse a nova diretoria da Aciv

A nova diretoria da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Veranópolis tomou posse na noite de sábado, 16, durante jantar festivo na Sociedade Alfredochavense. O evento marcou a comemoração dos cem anos da entidade, a mais antiga do Município. Antigos presidentes e familiares também receberam distinção pela data, com presença de sócios, empresários, lideres políticos, autoridades e convidados. Niromar Heitor Gabriel assumiu, por dois anos, a entidade que agrega, além da classe empresarial e cultural, comerciantes e prestadores de serviço. José Augusto Duda deixou a presidência e, entre os principais trabalhos desenvolvidos por sua gestão, está o andamento da obra e instalação da entidade em nova sede.

Bombeiros prestam atendimento após fortes chuvas

Intensas chuvas atingiram Veranópolis na semana que passou. O Corpo de Bombeiros foi acionado para isolar um buraco que se abriu na rua Capitão Pelegrino Guzzo, no bairro Santo Antônio, e para o corte de uma árvore na Epitácio Pessoa, próximo à BR-470. No bairro Santo Antônio, diversas residências tiveram estragos causados pela água.

Bombeiro de Veranópolis vai para o Mundial de Salvamento Veicular

A segunda melhor equipe de salvamento veicular do país é agora uma das mais competentes do mundo, título que o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul conquistou na seletiva nacional para o Campeonato Mundial de Salvamento Veicular. A classificatória foi realizada na Escola Superior de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo entre os dias 7 e 9 de julho, onde estiveram presentes vinte e duas equipes de mais de dezesseis Estados. A delegação brasileira que irá para o mundial conta com sete gaúchos e mais uma equipe de São Paulo. Entre eles, Cristian Alberto Guglielmin, que atua no Corpo de Bombeiros de Veranópolis. "Essa conquista só afirma a competência do Corpo de Bombeiros Militares do Rio Grande do Sul, que está servido de militares que fazem da profissão a arte de salvar vidas, e que sempre buscarão a excelência no atendimento, pois amam o que fazem. A equipe carregou não só a bandeira do Estado, mas a do Corpo de Bombeiros também, e é gratificante ter o privilégio de ver nossa corporação entre as melhores do mundo. Quem ganha é a comunidade das cidades que atuamos. Porque essa equipe é feita de bombeiros militares que atuam em ocorrências reais", declarou Guglielmin.

Postal toma posse no TCE

Na segunda-feira, 18, o deputado estadual Ronaldo Santini acompanhou a posse do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, o ex-parlamentar Alexandre Postal. Presidente da Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa, Santini também foi relator do requerimento 110/2016, emitindo parecer favorável à indicação de Postal pelo governador José Ivo Sartori. Na oportunidade, lembrou da experiência do Alexandre Postal na política, que iniciou como prefeito de Guaporé em 1988, com apenas 26 anos. Durante a cerimônia, o parlamentar esteve acompanhado da diretoria da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais - presidente Ana Cunha, vice Ciro Simoni e tesoureiro Diogo Moraes - e pelo vice-presidente da União de Parlamentares Sul-Americanos e do Mercosul, Kennedy Nunes.


VARIEDADES

Louder promove coquetel de lançamento do disco de estreia

A banda veranense Louder promoveu no dia 14 um coquetel de lançamento de seu EP de estreia no Texas Pub, em Veranópolis. Com a presença de familiares, amigos e Imprensa, houve pocket show acústico apresentando as músicas do disco e alguns covers. Durante o evento foi comercializado o merchandising oficial do grupo. Para o guitarrista Maurício Barbieri, 'Take One' tem o título da proposta do disco, de registrar o primeiro momento da Louder. "Dentre as primeiras composições do grupo, essas foram as cinco escolhidas para entrar no trabalho. Todas as músicas têm particularidades, vindo de influências, memórias e experiências de cada um dos integrantes", explica. Para Gio Attolini, também guitarrista, a ocasião foi "uma noite que vai ficar num lugar especial da memória de cada integrante, além de colocar mais uma vez Veranópolis no mapa do rock". A Louder teve início em 2015 com o objetivo de fazer rock, tendo Kid Sangali como vocalista, Felipe Saretta na bateria, Gio Attolini na guitarra e vocais, Maurício Barbieri na outra guitarra e Ricardo Ledur Gottardo no baixo. Em abril de 2016 foi lançado o primeiro single, 'Temple of Desire'. Contendo cinco faixas, 'Take One' foi gravado no Estúdio Maninho, com produção de Ricardo Ledur Gottardo e Maninho. Está disponível nos canais da banda no YouTube, iTunes, Spotify, SoundCloud e outros, e também no www.facebook.com/LouderRockBand. O telefone para contato é 9175-2911.



REGIÃO

Serra terá novos parques termais

O potencial para empreendimentos que exploram águas termais impulsiona investimentos em turismo na Serra. Pelo menos três Municípios pretendem colocar em atividade nos próximos anos parques com piscinas de águas minerais que provêm do Aquífero Guarany, o maior reservatório de água doce do mundo. Uma é Vila Flores. A Pousada dos Capuchinhos, que transformou um antigo mosteiro em hotel e foi inaugurada no ano passado, agora aguarda liberação do Departamento Nacional de Propriedade Mineral para inaugurar um complexo de seis piscinas. Três delas são cobertas e três abertas. O objetivo é ampliar o público que já vem lotando nos finais de semana a pousada com capacidade para duzentas e cinquenta pessoas. A ideia é incrementar o movimento nos demais dias, apostando no turismo de excursões, principalmente da terceira idade. De acordo com o frei Alceu Ferronato, responsável pela pousada em Vila Flores, o investimento total da congregação é de cerca de R$ 10 milhões, a partir da venda de propriedades. O processo todo das piscinas termais foi encaminhado ainda em 2013. Agora eles aguardam a publicação do relatório das análises no Diário Oficial da União para encaminhar o certificado de autorização de uso. A outra cidade que está mais próxima de ter piscinas termais é Farroupilha. Quando o Parque das Águas foi inaugurado há cerca de vinte anos, se imaginava que poderia haver águas termais na localidade de Monte Bérico em função do aquífero. A confirmação veio em 2012, quando foi autorizada a pesquisa. O custo inicial para perfuração de poços para análises foi de R$ 2 milhões. Agora o processo está em fase final de coleta de amostras, para depois encaminhar a licença de operação. Não há como prever a abertura da atração, pois as licenças não dependem do clube, porém a expectativa do presidente Célio Masson é inaugurar a piscina termal até o fim do ano. Para tanto, a última coleta precisa ser feita no final deste inverno e todos os trâmites precisam correr bem. O poço já está pronto, a piscina térmica existente será readaptada para receber a água termal. Há projeto de abrir um novo poço e ampliar a estrutura atual. O projeto todo prevê investimentos de R$ 13 milhões nos próximos três anos, incluindo a receita do clube com associados e investidores privados. A novidade busca movimentar o parque o ano todo, já que hoje, mesmo com a piscina térmica, o parque fica refém da sazonalidade da temporada de verão. Empreendimentos termais como esse estão normalmente atrelados ao desenvolvimento turístico e hoteleiro da região. Outro empreendimento que tem as propriedades minerais da água como principal atrativo é o Gramado Termas Park, parque temático previsto para 2018. Ao lado dele, está sendo erguido o Gramado Termas Resort Spa, um investimento de R$ 90 milhões. O parque termal pioneiro na Serra é o de Nova Prata. O complexo de fontes termais Caldas de Prata começou a ser desenvolvido na década de 80. Em 16 de maio de 2003 foram inauguradas as primeiras piscinas.

Dia do Homem movimenta Vila Flores

O Dia Internacional do Homem foi celebrado no dia 15 de julho no salão paroquial de Vila Flores. A data, criada para chamar a atenção sobre a saúde masculina, teve palestra de Moacir Durli sobre família, espiritualidade, lazer e trabalho. Para fechar a noite, hojve jantar de confraternização. O ingresso foi um quilo de alimento não-perecível, doado para instituições de caridade e filantrópicas de Vila Flores.

Agricultores serão homenageados neste domingo em Cotiporã

A comunidade de São Roque promove neste domingo, 24, a Festa em Homenagem ao Agricultor Cotiporanense. A programação inicia às 10h30min com missa seguida de almoço. Durante a tarde acontecerá a final do Campeonato de Bisca, que vem sendo disputado nas últimas semanas.

Futsal tem mais duas rodadas

O Campeonato Municipal de Futsal teve uma rodada na sexta-feira passada, 15 de julho. O Milan venceu o Atletico de Madrid por dois a um, o Santa Lúcia goleou o Santa Cruz por cinco a três, o Ipiranga B fez quatro a três na Gangue do Futsal, e o Fazenda derrotou os Alumilokos por quatro a dois. No domingo, 17, houve empate em dois a dois entre o Real Madrir e o Barcelona, vitória de três a dois do Academia's Club sobre a Portuguesa, quantro a dois do Leão sobre Os + Jumeno, goleada de quatro a dois da Escolhia sobre o Tamandaré, e dois a um na vitória do RZ sobre o Ipiranga. A partir destefinal de semana, as rodadas acontecem apenas aos domingos, com início às 17h30min.

Carmo se destaca na palha de milho

Nossa Senhora do Carmo, uma das mais distantes comunidades do interior de Cotiporã, proporciona ao visitante a vista de belos vales e paisagens. Possui produção de leite, uva e cítricos, e o milho tem destaque, sendo utilizado para alimentação, comercialização e também para fazer palha, como fonte de renda. O artesanato com palha de milho também é um deferencial local.

Festa Dela Colònia resgata cultura e valores

A Festa Dela Colònia abriu na última sexta-feira, dia 15, em Fagundes Varela com uma programação que integra as comunidades fagundenses e a população regional. No primeiro dia de atividades, a emoção tomou conta dos idosos que fazem a história do Município. Uma homenagem foi prestada no Clube dos Motoristas, com apresentações da Escola Caminhos do Aprender e do Colégio Ângelo Mônaco, do grupo de teatro Atuantes da Artes e palestra do humorista e historiador Edgar Maróstica. Para os agricultores, a Emater e a Embrapa Clima Temperado promoveram um Dia de Campo sobre forrageiras de inverno, na propriedade de José Binda. Na programação da Festa Dela Colònia estão jogos de integração nas comunidades. Nesta quinta-feira, 21, as disputas de bisca ocorreram a partir das 19h em Nossa Senhora das Graças. Já nesta sexta-feira, 22, os jogos de trissete e escova também iniciam a partir das 19h em Nossa Senhora do Rosário. No domingo, di 24, os jogos iniciam às 14h30min na praça Bella Vista. Serão provas artísticas e culturais que terão supervisão e contagem de pontos de equipe das Olímpiadas Coloniais da Festa da Uva de Caxias do Sul. Ao final dos jogos, que terão a animação de Edgar Maróstica, será entregue a premiação. A comunidade de São Judas Tadeu está organizando o Jantar da Lasanha. A atividade faz parte da programação da Festa Dela Colònia e inicia às 20h, seguida de baile. Os ingressos estão sendo vendidos pelos dirigentes da comunidade. Será entregue no domingo, 24, às 9h, a Piazza Città di Càneva. A empresa Lera Construções executou os trabalhos na nova praça junto ao pórtico, com investimento de R$ 146.294,69. O nome homenageia a cidade de Càneva, de onde veio a maioria dos imigrantes italianos que colonizaram Fagundes Varela. Um dos maiores pesquisadores da cultura italiana no Rio Grande do Sul, o frei Arlindo Batistel vai estar em Fagundes Varela no domingo, dia 24. Ele celebrará missa em Talian ao lado do padre Vitor Aquiles Cecatto, na Igreja Matriz Santo Antônio. O Coral Bella Vista será responsável pelos cantos. Antes, às 9h15min, será realizada carreata com benção aos veículos.

O ato inicia junto ao pórtico de entrada da cidade e culmina com a benção na praça Bella Vista. O dialeto Talian - Vêneto Brasileiro - será língua co-oficial de Fagundes Varela, ainda hoje falado por descendentes dos imigrantes italianos que chegaram a partir de 1875 ao Estado. Segundo o autor da proposta, vereador Santo Hilário Cortellini, é o tradutor da maior experiência imigratória italiana, seu modo de ser, de fazer, de viver e falar. A cerimônia de oficialização será no domingo, 24 de julho, às 11h30min durante a Festa Dela Colònia. A exemplo da primeira edição da Festa Dela Colònia ocorrida em 2014, a programação terá desfile cênico musical, com novidades e reestruturado. Dentre as mudanças está a parte musical, com apresentação do tenor Celso Santos e pianista Mauricio Pezzi. Eles, juntamente com o animador Edgar Maróstica, vão traçar uma linha do tempo. O desfile será denominado 'Nos trilhos da história' e foi dividido em cinco grupos. Cada um será responsável por contar uma parte das vivências da região. No primeiro bloco, as comunidades de São Luís, São Marcos, São Jorge e Santa Lúcia vão retratar a chegada dos primeiros imigrantes e como a imigração ainda ocorre nos dias atuais. O tema será 'Somos todos imigrantes'. No grupo 2, com tema 'O legado da imigração', São Nossa Senhora das Graças, São José e Santo Antônio do Costella abordam o que se mantém vivo da colonização italiana na região. O grupo 3, formado pelas comunidade de São Pedro, sede e Baleta, vão tratar de 'Os seres e fazeres', homenageando a Fagundes Varela de hoje, as profissões que enalteceram a história do Município e povo trabalhador. Com o tema 'Fagundes rumo ao futuro', São João, São Paulo da Cruza e Nossa Senhora de Caravaggio, integrantes do grupo 4, deverão mostrar os passos para o desenvolvimento e como Fagundes Varela está se preparando para essa nova caminhada. Para fechar, o grupo 5, formado pelas comunidades de São Judas Tadeu, Nossa Senhora do Rosário e Santo Homobom trabalham a alegria do povo e as festividades.


COLUNAS

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

Pêlos de roedores em alimentos - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária proibiu, nesta semana, a venda de um lote de extrato de tomate da marca Heinz, devido à presença de pêlos de roedores - ratos, ratazanas e camundongos - acima do limite máximo permitido. Já tivemos outras marcas penalizadas com o mesmo problema, como o extrato de tomate Elefante fabricado pela Cargil, polpa de tomate da marca Predilecta e outros. O que causa mais espanto nessas notícias é o fato de que a Anvisa permite uma certa quantidade de pêlos de roedores e fragmentos de insetos em alimentos. Até 2014, a tolerância era zero para esse tipo de contaminação, porém a partir da resolução RDC 14/2014 foram estabelecidos limites para essa falta de higiene na indústria. Veja alguns exemplos do que é permitido por lei. - Produtos de tomate - dez fragmentos de pêlos em 100g de produto - Farinha de trigo - setenta e cinco fragmentos em 50g - Café torrado e moído - sessenta fragmentos em 25g - Chá de boldo - setenta fragmentos em 25g - Geleia de fruta - vinte e cinco fragmentos em 100g. Quem quiser ver o documento na integra basta acessar www.procon.sc.gov.br/images/documentos/anvisa-res14.pdf. De acordo com o conselheiro e ex-presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro, Sidnei Ferreira, a legislação sanitária não deveria tolerar nenhum resquício de insetos ou pêlos de roedores, pois não poderia haver tolerância com a falta de higiene na manipulação e fabricação dos alimentos. Os roedores são potenciais transmissores de doenças, e a Organização Mundial de Saúde já catalogou mais de duzentas doenças transmissíveis por eles. Já o coordenador do Procon Assembleia de Belo Horizonte critica a mudança na legislação, diz que essa resolução não deveria existir e que um consumidor que encontrar algo dentro do produto que não faz parte da sua composição tem todo o direito de pleitear uma indenização, pois a empresa tem que prezar pela qualidade do produto, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Será que a Anvisa vai tolerar pêlos de roedores nas refeições servidas na Vila Olímpica, ou isso é só para nós, meros pagadores de impostos?
* Célio Pezza


ESPECIAIS

La Cucagna 5ª edição - clique aqui para ver a galeria completa

Troféu Imprensa Regional 2ª edição - clique aqui para ler na íntegra