Notícias da edição 646 • 24 de abril de 2015 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS


CAPA E DESTAQUES

"O maior legado da Femaçã foi ter deixado pessoas felizes"

A nona Festa Nacional da Maçã de Veranópolis encerrou na terça-feira, 21 de abril, após oito dias de evento. Para o prefeito municipal Carlos Alberto Spanhol, a feira uniu a população. "A Femaçã teve uma cor só, que é a cor do nosso Município", garantiu. Ele frisou que a edição deste ano acompanhou o resultado das edições anteriores e que o sucesso se deve parte a isso, pois os erros anteriores foram corrigidos. Spanhol citou a crise econômica pela qual cidades e empresas passam, e que mesmo assim não atrapalhou os negócios da feira. O chefe do Executivo veranense agradeceu o empenho de toda a cidade no evento. "Viva a maçã, viva o amor, viva Veranópolis que tem um povo trabalhador", saudou. As soberanas Vanessa Calioni, Bruna Trintinaglia e Juliana Pirocca, que neste ano deixaram os vestidos tradicionais de lado e apareceram com maçãs no cartaz de divulgação, gerando ampla divulgação da Femaçã e de Veranópolis, também agradeceram a participação popular na festa. Para a imperatriz Vanessa, "foi finalizado um ciclo, muitos desafios foram vencidos e vários objetivos alcançados".

A princesa Bruna reforçou a importância da população. "É uma festa que representa o valor de sua gente e da sua terra", destacou a jovem. No mesmo sentido, Juliana valorizou a cidade. "A Femaçã enaltece o nosso povo, a nossa gente", apontou. Um dos vice-presidentes, Vagner Ciello, falou da marca deixada pela Femaçã 2015. "Muitos fatores influenciaram para a festa ser um sucesso. Mas o maior legado foi ter deixado pessoas felizes", disse. José Augusto Duda, também vice-presidente da Femaçã e presidente da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Veranópolis, avaliou a importância que a Femaçã deu àquilo que se produz em Veranópolis. Segundo Duda, 70% dos expositores eram locais. O presidente da Femaçã, Leocrides Bataglion, encerrou o evento homenageando comissões, entidades e empresas que auxiliaram na concretização da festa. Bataglion destacou a dedicação dos trabalhadores e, ao mesmo tempo, a satisfação dos visitantes e expositores. "Estamos cansados, mas se tivesse que começar tudo de novo amanhã, com certeza esta equipe começaria", apontou.

Visitantes avaliam e comentam a Femaçã

Dezenas de milhares de pessoas caíram na tentação e passaram pelo Centro de Exposições e Esportes José Bin, em Veranópolis, para conferir a Festa Nacional da Maçã. Os visitantes puderam conferir atrações artísticas, culturais, esportes, feira, exposições e shows. "Estivemos na Femaçã. Adoramos tudo, em geral. Ótima organização. Parabéns a todos. Excelente festa. Recomendo", disse o visitante Rodrigo do Nascimento, almoxarife na Marcopolo, de Caxias do Sul. "Um simpático caminho com macieiras estilizadas dá boas-vindas aos visitantes. Não perca também o espaço cultural que conta a história de personalidades de Veranópolis, como o ator José Lewgoy e a primeira mulher a ser dirigente de um clube de futebol. Outro ponto alto da Femaçã são os estandes que comercializam artesanato e produtos locais. Ah, claro, não esqueça que fazer uma foto brincando de soberana no painel que reproduz o cartaz de divulgação da festa", conta Kelly Pelisser, também de Caxias do Sul. "A Femaçã segue surpreendendo. Está uma tentação! Uma feira/festa apresentando de forma criativa a diversidade da Terra da Longevidade - Veranópolis. Parabéns a todos que colaboraram, em especial à diretoria e Prefeitura Municipal", declarou João Leidens, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares da Região Uva e Vinho.

"Vale a pena cair na tentação e curtir a Femaçã em Veranópolis. Cada um pode encontrar uma razão para ir. Eu já conferi e gostei principalmente da decoração, que mostra o carinho com que somos recebidos na casa de amigos. É muito bom dar uma conferida nos estandes, saborear a culinária e saber um pouco mais da Terra da Longevidade e Berço Nacional da Maçã", opinou Katia Hoffmann, de Porto Alegre. "Na Femaçã, dá para conhecer um pouco do potencial turístico, econômico e gastronômico de Veranópolis, a terra da longevidade e berço nacional da maçã. Há atrativos para todos os gostos e, portanto, para toda a família. É como se o parque fosse uma representação da cidade, com gostinho de quero mais", garantiu Marcos Hoffmann, funcionário da rádio Gaúcha, de Porto Alegre.

"A Femaçã se consagrou como feira e festa", diz prefeito

A Femaçã 2015 movimentou Veranópolis e a região. A programação do último final de semana atraiu visitantes de várias cidades do Estado e do país. Da sexta-feira 17, até o domingo, 19, mais de 23 mil pessoas passaram pelo Centro de Exposições e Esportes José Bin. Segundo a Comissão Organizadora do evento, nenhum incidente foi registrado e a programação ocorreu dentro do esperado. Um dos shows mais esperados da Femaçã 2015 aconteceu na noite de sexta-feira ,17. A abertura contou com os veranenses da Louder, que aqueceram o grande público presente. Era pouco mais de meia-noite quando a Malta subiu ao palco, para o delírio de fãs que aguardavam ansiosamente para ver o vocalista Bruno Boncini e seu grupo cantarem as músicas que tomaram conta no país no último ano. A banda vendeu mais de trezentas mil cópias, e na Terra da Longevidade fez uma apresentação de mais de uma hora e meia, cantando sucessos como 'Memórias', 'Diz pra Mim' e 'Baby'. Algumas fãs haviam chegado para o show na manhã de sexta-feira, vindas de Porto Alegre, para conferir a apresentação. No sábado, 18, o parque recebeu visitantes ao longo do dia que puderam acompanhar o julgamento de vacas holandesas na ExpoSantaClara, além de oficinas de plantas medicinais, oficinas de gastronomia, apresentação de adestramento de cães e shows com talentos de Veranópolis nos palcos alternativos, e CTGs da região. Na parte esportiva, o dia foi marcado por intensas atividades. Logo no início da manhã, na sede da Sociedade Bochófila Planalto, quarenta e três trios participaram do Campeonato Estadual de Bochas. A competição ocorreu em onze canchas, sendo sete em Veranópolis e quatro em Nova Prata.

No Cube Caça e Pesca foi promovida a Copa Femaçã de Natação. Logo no início da tarde, no palco 2 do evento, ocorreu o Desafio de Levantamento de Peso. À noite, o palco 1 recebeu a apresentação da banda Ego Mecanóide. Em seguida, às 23h56min, as cortinas do palco se abriram e a dupla sertaneja João Lucas & Marcelo começou a cantar as músicas que embalam milhares de fãs pelo país. Foi ao ritmo de 'Vamo bebê', 'Se beijar na boca da sapinho' e 'Agora é pra valer' que o público festejou mais um grande show da Femaçã. E, claro, cantaram o hit que os tornou conhecidos no país - 'Tchu tcha tcha'. No domingo 19, houve apresentações de talentos locais, oficinas de gastronomia e de plantas medicinais, e o festival Rock n' Apple, que contou com a Blackbirds. Na parte esportiva, mais de cem pessoas participaram da Caminhada da Longevidade, que teve saída do Aeroclube. No local ocorreu o Encontro de Carros Antigos, com mais de trezentos veículos. O prefeito Carlos Alberto Spanhol afirmou que o evento já se consolidou como o maior já promovido em Veranópolis. "A Femaçã se consagrou como feira e festa. Agora, com a nossa estrutura já montada, iremos trabalhar para termos a Femaçã em um ano e, em outro, promovermos eventos setorizados", garantiu.

Encontro de Carros Antigos é sucesso de público

Cerca de 330 veículos participaram do Encontro de Carros Antigos no Aeroclube de Veranópolis, no último domingo, 19, dentro da programação da Festa Nacional da Maçã. Os organizadores não esperavam tanta participação - automóveis da redião e de outros pontos do Estados encantaram as quase cinco mil pessoas que foram ver as relíquias. Além da exposição, negócios também foram fechados entre os colecionadores. Segundo participantes de outras cidades, Veranópolis reúne condições para anualmente realizar esse tipo de evento, em nível estadual e até nacional, pela organização, participação e hospitalidade. Caminhada da Longevidade homenageia a Femaçã Integrando a programação da Femaçã 2015, 130 pessoas se inscreveram para a Caminhada da Longevidade. Os idosos receberam camisetas próprias do evento e percorreram uma trilha que saiu do hangar do Aeroclube de Veranópolis e seguiu por diversos pontos da cidade. Em clima de descontração, a atividade física animou a terceira idade em passeio para homenagear a Festa Nacional da Maçã.

Veranópolis sedia reunião da Atuaserra

Na sexta-feira passada, 16 de abril, junto à programação oficial da Femaçã, reuniram-se em Veranópolis os secretários de Turismo dos Municípios da Associação de Turismo da Serra Nordeste. A atividade, que ocorre mensalmente, teve como pauta a criação de novo material de divulgação da Atuaserra e de seus associados de forma integrada, apresentação de novo formato de feira de divulgação, dentre outros assuntos. Após o encontro, secretários e representantes foram conhecer a Femaçã. A Atuaserra é composta de vinte e quatro cidades da Região Uva e Vinho, na Serra Gaúcha, e tem a missão de promover o desenvolvimento do turismo sustentável na região através da articulação, integração e aporte de conhecimentos para seus associados, buscando a melhoria da qualidade de vida nas comunidades envolvidas. Atualmente, o presidente da Atuaserra é Juliano Brandalise, que representa Veranópolis.

Lançado livro de receitas com maçã

Com o objetivo de homenagear o pioneirismo na produção de maçã e proporcionar a ampliação do uso da fruta no dia a dia, um livro de receitas foi lançado no sábado, 18, no Parque Municipal de Exposições e Eventos José Bin, durante a Femaçã. Em formato de livro de bolso, contém dez receitas de pratos doces e salgados, mostrando a diversidade da popular fruta. A criação da obra é da Secretaria Municipal de Turismo, Senac Bento Gonçalves, Sindicato de Hotéis, Bares, Resturantes e Similares da Região Uva e Vinho e Femaçã. Durante o ato, os participantes puderam degustar algumas receitas contidas no livro e elaboradas pelo chef Gustavo Ruffato e sua equipe do Senac. A publicação foi distribuída no estande da Prefeitura e nas oficinas gastronômicas promovidas pelo Senac durante a Femaçã. Pode ser retirado gratuitamente na Casa Saretta, enquanto houver estoque. O evento de lançamento contou ainda com a presença do prefeito municipal Carlos Alberto Spanhol, secretário de Turismo Romeo Tedesco, diretora executiva do SHBRS / Região Uva e Vinho, Márcia Ferronatto, presidente da Femaçã, Leocride Bataglion, presidente do Conselho Municipal de Turismo, Edemilson Simonatto, presidente da Câmara de Vereadores, Rudimar Caglioni, soberanas e Comissão Social da Femaçã, produtores de maçã, autoridades locais e entidades ligadas ao setor gastronômico, turístico e produtivo do Município.

Inaugura a nova sede da Aciv

Na tarde de segunda-feira, 20 de abril, foi realizada a inauguração da nova sede da Associação Comercial, Cultural e Industrial de Veranópolis. O evento ocorreu como parte da programação da Festa Nacional da Maçã., e a entidade está agora localizada ao lado do Centro de Exposições e Esportes José Bin, os pavilhões da Femaçã. Em seu discurso, o presidente José Augusto Duda enfatizou o importante momento para a entidade, embora seja uma inauguração parcial. Ele fez apelo por apoio do Executivo, Legislativo e todas as forças de Veranópolis para finalizar a obra do plenário com capacidade para 140 pessoas, climatizado, com moderno sistema acústico e acesso para cadeirantes. Na oportunidade também se manifestaram o prefeito Carlos Alberto Spanhol, o presidente da Câmara de Vereadores Rudimar Caglioni e o presidente da CIC Serra, Edson Morello. Após os pronunciamentos hopuve corte da fita simbólica e coquetel de confraternização.

Inaugurado o Ginásio Flávia Valesca Pessato

Um velho sonho se tornou realidade com a inauguração do ginásio de esportes da Escola Municipal de Ensino Fundamental Felipe dos Santos, para alegria da direção, professores, alunos e pais de alunos do educandário de Veranópolis. O nome do local presta homenagem a Flávia Valesca Pessatto, pelos serviços prestados em dezesseis anos como professora, sendo dez como diretora. Na solenidade, discursou o prefeito municipal Carlos Alberto Spanhol, o coordenador da 16ª Coordenadoria Regional de Educação, Leonir Razador, vereador Lirio Soares, em nome da Câmara Municipal, secretária Municipal de Educação e Cultura, Elis Regina Perachi Favero, a diretora da escola Mari Isabel Domeneghini, e sobre o programa Mais Educação falou Suzalva Gabrielli Sartori. Em nome da família da homenageada agradeceu Karina Borsatto. Houve apresentação de números artísticos pelos alunos, e bênção dada pelo pároco, frei Vazatta. Além das atividades esportivas, foram construídas no local cinco salas de aula, refeitório e cozinha onde são atendidos 279 alunos.

Pesquisa orgulha vilaflorenses

Após Vila Flores ocupar espaço de destaque na Imprensa regional e nacional por conquistar, no Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal, o primeiro lugar no Rio Grande do Sul e segundo no Brasil, na área da Saúde, agora é a vez de outros quesitos. Segundo o Atlas da Exclusão Social no Brasil, das trinta e cinco cidades com menos exclusão social no país, treze estão no Rio Grande do Sul. Entre elas se destaca Vila Flores, quarto lugar no Estado e décimo no país. Para chegar a esta lista, os autores do estudo fizeram um Índice de Exclusão Social com base em pobreza, emprego, desigualdade, alfabetização, escolaridade, juventude e violência. Todos os dados foram retirados dos censos demográficos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, com exceção das informações sobre violência, coletadas do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde.

Veranenses realizam viagens de aventura

Iniciou na terça-feira, 21 de abril, a expedição Alasca Terra Aventuras, que terá duas etapas. Ao todo, o roteiro é formado por 75 mil quilômetros percorridos por dois veículos adaptados para as condições climáticas e adversas dos mais diferentes terrenos. A ida soma 31 mil quilômetros e a volta tem 44 mil quilômetros, além de mil quilômetros de navio e dez mil de avião. O projeto teve início no ano de 2009. Andrei Bergamin partiu de Veranópolis na terça-feira, 21, rumo a Ushuaia, na Argentina, cidade mais ao Sul do planeta. A seguir, iniciará o retorno ao Brasil. Serão mais de cinquenta dias de uma viagem que passará por Patagônia, Cordilheira dos Andes, Deserto do Atacama, Altiplano Boliviano e o Vale Inca, no Peru. Depois de Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia e Peru, a volta para Veranópolis está prevista para 21 de junho. Na segunda etapa, os irmãos Nerceu Piccoli e Neimar Piccoli partirão de Veranóplis em junho, passando pelo Deserto do Atacama, Bolívia, Peru, Equador, América Central, Canadá até o Alasca. Na volta, o objetivo é cruzar por boa parte dos Estados brasileiros.

Vereadores visitam o Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi

Na tarde de 16 de abril, o presidente da Câmara de Vereadores de Veranópolis, Rudimar Caglioni, e os vereadores Celito Bortoli e Vladis Scorsatto visitaram as obras de reforma do Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi. Entre as melhorias, troca de piso, pintura, instalação de ar-condicionado e equipamentos novos. O diretor do hospital, Rogério Franklin da Silva, acompanhou os vereadores e destacou que as obras são para qualificar ainda mais o atendimento à população. Com a reforma, haverá ampliação de sessenta e três para oitenta e três leitos. A expectativa é que as alterações sejam concluídas em agosto deste ano.

Posto da PRE pode ir para Nova Bassano

O prefeito municipal de Nova Bassano, Darcilo Luiz Pauletto, recebeu na manhã de 16 de abril o comando da Polícia Rodoviária Estadual, representado pelo major Marcelo Fraga Carpes do Estado Maior do terceiro BRBM, capitão Rômulo Ricardo Serafini e sargento Sidnei Martins do Grupo Rodoviário de Veranópolis. Participaram do encontro, ainda, o presidente do Legislativo bassanense, Oscar Todeschini, vereadores, secretários municipais e presidentes de entidades. Na pauta, a possibilidade de implantação de posto da PRE em Nova Bassano. O chefe do Executivo conduziu a conversa e considerou a proposição de grande importância na área de segurança para o Município e região. Pauletto possui o apoio da Câmara de Vereadores e parcerias com o Grupo de Apoio à Segurança Pública, CDL e SerraSul Guinchos para viabilizar o projeto. "Temos interesse na vinda do posto da Polícia Rodoviária Estadual, e a contribuição para nossa cidade e região trará um impacto altamente positivo na redução de acidentes, respeito às leis de trânsito e essencialmente à vida, o maior patrimônio", apontou. Estudos do comando da Polícia Rodoviária Estadual estão em andamento e apontam o Município como um dos pontos estratégicos para o bom desempenho da segurança. "Estamos trabalhando para trazer o posto para Nova Bassano e buscamos verificar a viabilidade junto à Prefeitura. Ficamos esperançosos de que isso se concretize e que possamos atuar na região", disse o major Carpes.

Seguem as obras do novo canil municipal

As obras do novo canil municipal de Veranópolis seguem a todo vapor. Já é possível visualizar o espaço que terá quarenta baias cobertas, para alojar os duzentos cachorros residentes no atual abrigo, em Sapopema. Também haverá consultório veterinário, cozinha, lavabo e um contêiner para ração. O terreno fica na Estrada Geral Buarque de Macedo, em Monte Bérico, com área total de 12.027 metros quadrados. Segundo a Prefeitura, a obra deve estar concluída em maio.

Camila Cendron Mercalli é a prefeita estudantil de Cotiporã

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação e Desporto, juntamente com a Escola Municipal Caminhos do Saber está realizando mais uma edição do projeto Desenvolvendo a Cidadania, destaque nos últimos dois anos da Administração Municipal. Nesta terceira oportunidade, a escola promouve nos últimos dias ações de política e cidadania. No dia 15 foram apresentadas as chapas para posterior votação. Os alunos criaram duas chapas com seus referidos partidos - chapa 68, Partido Estudantil Caminhos do Saber, tendo Camila Cendron Mercalli como candidata a prefeita e Talia Pitol como vice, e chapa 73 - Partido Escolar, com Sabrina Cavalheiro como prefeita e Diego Rambo como vice. Ambos tinham nove vereadores concorrendo ao cargo. Foi realizada a eleição, com apuração dos votos e divulgação do resultado. Foram eleitas Camila Cendron Mercalli como prefeita e Talia Pitol como vice. Os vereadores são Kelly Lazzarini, Igor Lazzari, Lucas Falcade, Darlene Piccoli, Naiara de Villa, Caroline Pimentel, Jane Giacomelli, Juliana Antunes e Dener Breda. Na ocasião assumiram os suplentes João Vitor Zechin, Tailiza Carlesso, Emanuelle Fontana, Cícero Girotto, Fernanda Siviero, Aricele Manfrini, Henrique Breda, Mileide Picolli, Helen Siviero. O prefeito municipal José Carlos Breda parabenizou os eleitos e disse estar aguardando o dia 14 de maio, quando haverá posse e apresentação do secretariado e projetos.

Morre Armando Piletti, administrador do Tacchini

Foi sepultado neste domingo, 19 de abril, no Cemitério Municipal de Bento Gonçalves, o corpo de Armando Piletti, 68 anos, administrador do Tacchini - Sistema Integrado de Saúde. Ele morreu no sábado, 18, por volta de 17h45min, vítima de complicações em seu quadro de saúde, que já estava debilitado devido a um longo tratamento contra o câncer. Piletti esteve internado em Porto Alegre e nos últimos dois meses continuava o tratamento no Hospital Tacchini, acompanhado de perto por seus familiares. Na história de 90 anos do Hospital Tacchini, um capítulo deve ser reservado para falar da trajetória de Armando Piletti. Foram 50 anos de atuação no Hospital, onde ingressou em 2 de janeiro de 1965, com apenas 18 anos. Começou sua carreira trabalhando no almoxarifado, onde permaneceu por alguns meses. Sempre dedicado, logo foi exercer suas funções no escritório, como era chamada a parte administrativa e, onde num único lugar, se concentravam todas as demais áreas. Ele também esteve à frente da área de Recursos Humanos por alguns anos.

O primeiro grande desafio surgiu quando ele tinha 25 anos e veio com um convite para assumir a gerência administrativa do então Hospital Walter Galassi, em maio de 1972. Quase dois anos depois, ele voltou ao Tacchini para assumir como administrador , cargo que exerceu até seu falecimento, sendo designado como superintendente geral. Foi dele a iniciativa de criar o Plano de Saúde Tacchimed, o primeiro do interior do Estado e que sempre contou diretamente com a estrutura de um hospital próprio. Isso aconteceu em 1980. Piletti sempre afirmou que o plano sempre foi o 'grande propulsor de atualização, diferenciação e crescimento do hospital'. Passados quase 35 anos de sua criação, hoje o Tacchimed é uma referência na região e conta com mais de 59 mil beneficiários. Graças ao Tacchimed, o Hospital Tacchini cresceu e passou a oferecer praticamente todos os tipos tratamentos de saúde. O trabalho incansável de Armando Piletti resultou num hospital que não para de crescer, sendo uma referência nas áreas de oncologia e de, traumato ortopedia.


VARIEDADES

Aline Tessaro está fora da final do Musa do Gauchão

A representante do Veranópolis Esporte Clube no concurso Musa do Gauchão, Aline Tessaro, não chegou à fase final do concurso. Ela competiu com Débora Pagnoncelli, do Caxias, na votação da semifinal que terminou no domingo, 19 de abril. A veranense teve 46,82% dos votos, contra 53,18% da representante do Caxias. Já na outra disputa, Daniela Costa da Silva, do Aimoré, passou para a decisão com 52,06%, contra 47,94% de Julia Lemos, do Grêmio. ,A votação da final vai até 3 de maio, no domingo em que também que se conhecerá o campeão gaúcho de 2015, no segundo grenal decisivo no Beira-Rio.

"Terminou para o VEC o concurso Musa do Gauchão 2015, e ficamos entre os quatro primeiros, posição que muitos clubes de cidades maiores gostariam de ter alcançado. Talvez em outra forma de concurso tivéssemos ido mais longe. Nos sentimos com o dever cumprido. Agradecemos a todos que dispensaram um tempo para votar na nossa candidata", disse o presidente do Veranópolis, Gilberto Generosi. Ele também saudou a musa do VEC, Aline Tessaro. "Quero agradecer a esta pessoa linda, maravilhosa, meiga, humilde, correta, determinada, que conquista a todos por onde passa e em especial a minha família, que agora passa a ter mais um membro. Aline Tessaro, tu és, mais do que ninguém, vencedora. Parabéns! Toda a família pentacolor te agradece do fundo do coração", saudou Generosi.

Cotiporã e Santa Tereza sediam gravações com Selton Mello

Começaram em 16 de abril, em Cotiporã, as gravações de 'Filme da Minha Vida', produção dirigida pelo ator e diretor Selton Mello. São seis pontos de gravação pelo Município, sendo que as primeiras cenas acontecem em frente ao Círculo Operário, onde antigamente funcionava o cinema. Novas filmagens serão feitas no dia 29 deste mês. A produção tem no elenco o ator francês Vincent Cassel, Selton Mello, Johnny Massaro, Bruna Linzmeyer, o cantor e apresentador Rolando Boldrin, Ondina Clais, Beatriz Arantes, João Prates, Erika Januza, Martha Nowill e Antonio Skármeta. Também há elenco local, como as moradoras Ellen Comiotto e Reniele Gabriel de Villa, e figurantes. A estreia do filme está prevista para 2016. Já Santa Tereza teve por um dia a rotina alterada. Algumas residências viraram camarim, e a academia de musculação foi transformada em base de operações para receber o set de 'O Filme da Minha Vida'. Haverá, ainda, locações em Farroupilha, Garibaldi e Veranópolis. Para Selton Mello, filmar na Serra Gaúcha é um sonho que acalenta desde as primeiras vezes que frequentou o Festival de Gramado. "São lugares com história. É visível na textura das paredes, do piso, do solo. A casa do protagonista em Monte Belo do Sul, por exemplo, tem um quintal imenso que dá para um vale. É um lugar tão bonito que o desafio é não se perder na paisagem, pois para alguém com uma câmera na mão, o vale é tentador", garante.

Uma rua foi fechada para que, a pouco metros dali, Cassel e Massaro - pai e filho na trama - rodassem uma cena de reencontro. O figurino e um antigo veículo Ford, conseguido com um colecionador da região, caracterizavam a ambientação dos anos sessenta, época em que Tony, o protagonista do longa, vive os primeiros desafios para se afirmar como adulto. O filme é baseado no livro 'Um Pai de Cinema', do chileno Antonio Skármeta, autor de 'O Carteiro e o Poeta'. "Não foi fácil achar tanta gente para trabalhar", conta o produtor executivo Leo Edde. "É uma região na qual poucas pessoas estão sem trabalho. Ampliamos nosso raio de busca. Mais do que aquecer a economia das cidades envolvidas por alguns meses, o uso de mão-de-obra de áreas próximas também ajuda a capacitar e qualificar profissionais do setor audiovisual no Rio Grande do Sul", pondera.

APAVE tem animais para adoção

Animais trazem energia e a força da natureza para perto de nosso convívio, compartilham conosco de sua alegria e eterna fidelidade. Devemos respeitá-los, dar-lhes carinho, alimento, saúde e moradia. Se você pensa em adotar um novo amigo, procure a Associação Protetora dos Animais São Franciso de Assis de Veranóplis. O abrigo fica na RSC-470, trevo para Fagundes Varela. E doações de ração são muito bem-vindas. Seja nosso amigo no Facebook, o endereço é facebook.com/apave.veranopolis.



REGIÃO

Vila Flores se destaca na pecuária

O IBGE publicou pesquisa realizada sobre a produção da pecuária municipal de 5.506 cidades brasileiras. Pelo resultado, os sistemas mais especializados na atividade estão localizados principalmente no Rio Grande do Sul. Na avaliação por produção de leite, taxa de crescimento e produção por vaca, entre os vinte Municípios com altas médias, Vila Flores se destacou em quinto lugar no Brasil e em segundo no Estado. Os produtores de Vila Flores e das cooperativas, com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura e da Câmara dos Vereadores, têm se especializado na área buscando informações para atualização de técnicas e de produtos.

Ciclovia de Cotiporã está prestes a ser finalizada

Cotiporã está prestes a receber mais uma grande obra realizada pela Prefeitura Municipal. A ciclovia localizada na entrada Norte do Município tem extensão de 1.400 metros e proporcionará mais segurança, mobilidade urbana, acessibilidade aos moradores do bairro Zalamena e da comunidade de Santo Antônio, além de ser uma área de prática esportiva. O plantio de flores foi nestasemana, e a Secretaria de Obras intensificou os trabalhos com pintura, colocação de tachões e iluminação. A Inauguração da Ccclovia acontece no dia 9 de maio às 10h.

Tarde de Campo em Fagundes trata de adubação correta de solos

Nesta época de encerramento da colheita das lavouras de verão e preparo das áreas para cultivos de inverno, também é realizada adubação do solo nas propriedades. Em Fagundes Varela, a Emater organizou uma tarde de campo a fim de esclarecer pontos importantes sobre a adubação correta de solos. O evento foi realizado na propriedade do agricultor Nilvo Cortellini no último dia 16, e contou com parceria do Aperfeisolo Laboratório de Análises Agronômicas. No início da tarde, o agrônomo Leandro Ebert debateu com os agricultores a importância da correta adubação, discorrendo sobre os benefícios que a realização racional pode trazer ao sistema de produção, além dos impactos ambientais e econômicos de uma adubação realizada de maneira equivocada. Em seguida, a equipe do Aperfeisolo explicou aos participantes a análise de solo, o que é analisado e o processo a que a amostra é submetida depois de recebida pelo laboratório, até que o laudo chegue nas mãos do produtor rural. Ressaltaram a importância de uma amostra que realmente represente a lavoura para que o laudo de análise indique a real situação do local, com relação ao teor dos nutrientes e fertilidade.

O agrônomo Edison Bassani, supervisor da Emater, realizou uma atividade prática sobre a coleta da amostra de solo em áreas de lavouras, de pastagens e de viticultura. Bassani destacou os cuidados necessários em cada área para se conseguir uma amostra representativa para envio ao laboratório, demonstrando como o produtor pode fazer a coleta utilizando uma pá de corte, um enxadão ou um trado como ferramenta de coleta. Leandro Ebert apresentou as recomendações realizadas a partir de análises feitas na propriedade, na lavoura de grãos, pastagem e de viticultura, sendo que em cada área foram realizadas duas amostragens, uma da maneira correta e outra de maneira incorreta. O destaque foi para as diferenças encontradas nas quantidades de corretivos recomendadas na análise com amostragem incorreta e nos impactos que a adubação incorreta pode trazer. Para finalizar, Ebert explicou como é feita a interpretação do laudo de análise de solo e as informações consideradas para se chegar à recomendação de adubação e calagem, esclarecendo dúvidas sobre os corretivos utilizados no solo, quantidades recomendadas e manejo da adubação. Em 2014, a Emater encaminhou amostras de solo de mais de oitenta produtores para laboratórios de análise. O escritório local faz a interpretação dos laudos e a recomendação de adubação e calagem para orientar os agricultores.


COLUNAS

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

21 de Abril - Neste último dia 21 de abril, em Ouro Preto / MG, mais de 140 pessoas ligadas ao governo atual foram homenageadas com a medalha da Inconfidência. A Praça Tiradentes foi cercada logo de manhã para impedir a presença de manifestantes contra as homenagens, e a música em alto volume abafava o grito das ruas. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que foi o opositor principal de Joaquim Barbosa no julgamento do Mensalão, recebeu a comenda maior, o Grande Colar. Outro condecorado, pasmem, foi o líder do MST, João Pedro Stédile, esse mesmo que comanda as invasões em terras alheias e promove vários tipos de bagunças pelo país, sempre acobertado pelas autoridades.

O governador Fernando Pimentel do PT foi quem entregou a honraria mais importante de Minas Gerais a Stédile, contra a vontade popular, impedida de acompanhar esse ato. Respondendo às vaias do povo indignado, Pimentel disse que eram vozes da democracia e mereciam ser respeitadas. Stédile, aplaudido pelos integrantes do MST, ainda criticou o ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Recentemente, durante ato em homenagem ao ex-presidente da Venezuela, Hugo Chávez, Stédile também criticou "os movimentos das elites" no Brasil contra Dilma Roussef e disse que "o poder econômico e a Imprensa querem derrotar a nossa ideologia e o nosso projeto de liberação da América Latina". Voltando à data de Tiradentes, ele foi enforcado em 21 de abril de 1792 e seu corpo esquartejado, pois defendia a separação do Brasil de Portugal e protestava contra os impostos abusivos cobrados.

Na época, o povo brasileiro tinha que pagar 20% sobre todo o ouro encontrado no Brasil, chamado 'O Quinto'. O Brasil era conhecido como inferno pelos portugueses e, quando viam chegar o navio com o ouro, eles falavam "lá vem uma nau dos quintos do inferno". Daí veio essa expressão. Contra essa cobrança, Tiradentes e inúmeros outros lutaram. Hoje pagamos mais do que o dobro daquele valor em impostos para sustentar a nova corte, a corrupção e manter projetos que, ao invés de dar trabalho, educação e saúde ao povo brasileiro, preferem que fiquem em casa na ignorância, com vários tipos de bolsas e vales. Impostos! Na França, durante o reinado autoritário de Luís XIV, o seu lema era de que o clero deveria se dedicar a orar, o nobre a morrer pelo rei, e o povo a pagar impostos.
* Célio Pezza

Energia positiva

Foto: Arquivo Pessoal

Minhas entrelinhas - Quando pensei, já cansada, em baixar a minha cabeça para os problemas, colocando um ponto final na minha vida Deus foi lá e colocou dois pontinhos, escrevendo: Levanta e continua! Por isso posso ser comoparada a um livro, há quem me interprete pela capa e assim, me ame apenas por ela. Há quem viaje em mim, e aqueles que optam em viajar comigo. Há quem não me entenda e, quem nunca sequer tentou me entender. Há quem sempre quis ler-me, já outros nunca se interessaram. Há quem leu e não gostou, há quem leu e se apaixonou. Há quem apenas busca em mim palavras de consoloe áh quem só perceba teoria e objetividade. Mas, tal como um bom livro, sempre trago em minhas entrelinhas algo de único dentro do meu peito:

O melhor de mim! Mas resta dizer que muito me rotulam, sem se quer dar uma chance para me conhecer melhor É preciso tomar cuidado com os rótulos e as aparências, Os precnceitos são filhos de nossos olhares apressados. E para que não haja nem ilusões muito menos frustraçãoes, o melhor é ir devagar. Assim que cada um cuide do que vê, do que diz. Que as alegrias sejam mais fortes que os cansaços. Que o sonho derrote o medo. E a beleza extrapole as trevas. Que o bem querer desate cada nó de dificuldade que nos aperte os caminhos. Que tudo seja tomado como lição. E que a mais importante seja a fé, que lança luz sobre toda a incompreensão. Ungindo com poesia o início e o fim de cada dia. E assim segue a estrada... Ler somente a capa e a contra-capa de um livro jamais será como viajar em seu conteúdo. Ler o rótulo de um vinho nunca será igual a sentir seu sabor. Muita coisa pode se perder pelo caminho.

Aproveite a chance de ser hoje um bom livro com conteúdo rico em fé, esperança e amor. De viver hoje, de amar hoje, de ser feliz hoje, agora! O amanhã, ninguém saberá. Só não mude a sua conduta, seus valores. Acorde, simplesmente, vivendo para o dia que começa e termina. E no meio dele preencha-o com coisas boas, úteis, amáveis, agradáveis. Para que ao final do dia, possamos ter o que ser lido, com quem conversar, o que acrescentar de bom. Não desperdice a chance de ser feliz. Eu sei que nem tudo são flores, existem os espinhos, as pedras, as dificuldades....Ah como sei! Mas agradeça, e use sua criatividade, seu amor, sua fé, e sua vontade de estar bem, transmitindo aos outros, essa coisa que contagia, e traz proximidade. Se te derem uma oportunidade hoje, que não pode ser desperdiçada, agarre! Deus sempre estará ao seu lado te servindo de luz guia, vá em frente, e não se acovarde. Intensidade e amor a vida, são palavras chave para viver cada dia melhor e com mais leveza!!

Escolhas, sempre escolhas!!!
* Sonia Maria Peruzzo, smperuzzo@hotmail.com


PANORAMA SOCIAL

Carnaval 2015 - clique para ver a galeria


ESPECIAIS

Especial de Natal 2014 - clique para ver o especial na íntegra

Troféu Imprensa Regional 2ª edição - clique aqui para ler na íntegra