Notícias da edição 687 • 12 de fevereiro de 2016 • Veranópolis • Vila Flores • Cotiporã • Fagundes Varela • RS


CAPA E DESTAQUES

Festa de Nossa Senhora de Lourdes tem gramnde participação popular

Com o lema 'Por Maria, Jesus revela o rosto misericordioso do Pai', iniciou no dia 2 de fevereiro e se estendeu até dia 11 a novena preparatória e a 74ª Romaria e segunda Festa Estadual de Nossa Senhora de Lourdes. Foram três missas diárias, sempre com grande participação popular. Uma das atrações foi a procisão luminosa, em que milhares de pessoas caminharam na noite de segunda-feira, 8 de fevereiro. Centenas de velas acessas deram um toque especial à procisão que saiu da Gruta, seguiu pela rua Doutor José Montaury, entrou na rua Adriano Farina, passou pela Osvaldo Aranha e retornou ao ponto de início pela rua São Francisco de Assis. A celebração foi presidida pelo frei missionário Volmir Warken. Durante as celebrações de 3 de fevereiro, Dia de São Brás, foi dada a bênção da garganta, e no dia 10 houve imposição das cinza nas três celebrações. No dia 11, feriado municipal, uma multidão participou da romaria, especialmente por ocadsião da missa campal em frente à Gruta, em uma grande demonstração de fé de devotos, peregrinos e populares católicos. As noites de quermesse ofertaram comidas e bebidas, divesões e shows. Mais de mil pessoas participaram do tradicional almoço no dia 11, servido pela equipe de festeiros, auxiliares e grupo de churrasaqueiros, cozinheiras e garções. Na tarde houve reunião dançante para encerrar com alegria as festividades. Muitas pessoas trabalharam para que a festa de Nossa Senhora de Lourdes alcançassde sucesso.

Veranópolis teve Carnaval nos pavilhões da Femaçã

O Carnaval de Veranópolis teve sua primeira noite na sexta-feira, 5 de fevereiro, no Parque de Eventos José Bin, conhecido como pavilhões da Femaçã. Conforme o secretário de Turismo Romeo Mattielo Tedesco, a participação do público ficou abaixo do esperado, com estimativa de 600 a 700 pessoas. No sábado, 6, aconteceu a segunda noite de evento, começando às 20h com um número de pessoas superior a primeira noite. A animação foi da rainha Ana Paula Motta Brazeiro e rei Momo Gilfran Baldez. No sábado, a banda Demadri tocou no ambiente interno, enquanto que na parte de fora as atrações incluíram Bikini Hunters, A Encruzilhada, White Hawks, Guerrilla e DJs do Som Delta. Agora o setor de turismo de Veranópolis vai fazer uma avaliação da mudança do Carnaval de Rua da Praça XV para os Pavilhões da Femaçã.

Fogo destroi casa no Beco do Gatti e família perde tudo

Um casa foi parcialmente destruída por um incêndio na madrugada de segunda-feira, 8 de fevereiro, na rua Benjamin Constant, no Beco do Gatti, em Veranópolis. O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 3h30min e atuou no combate às chamas. Uma casa vizinha também atingida no telhado e os bombeiros conseguiram evitar que o fogo se espalhasse por outras residências próximas. O atendimento se estendeu até as 8h. As causas serão investigadas. Uma criança que reside em uma casa vizinha precisou de atendimento em virtude da fumaça. Uma família que residia na parte de baixo da construção perdeu tudo o que tinha. A população regional mostra sua solidariedade através das diversas doações de itens para a família que teve a casa incendiada na segunda-feira, 8 de fevereiro. Já existe uma quantidade significativa de roupas e alimentos, e agora é necessário contribuir principalmente com roupas infantis e móveis. A família está temporariamente instalada na residência de parentes. O contato para mais informações deve ser feito pelo telefone 9994-7677.

PRF faz balanço da Operação Carnaval na BR470

Durante o período de Carnaval, a Polícia Rodoviária Federal realizou cerca de 150 testes de etilômetros em motoristas que passram pela BR470, fiscalizou mais de duzentos veículos e pessoas, prestou atendimento a quatro acidentes com danos materiais e quatro com sete feridos. Foram lavradas cerca de duzentas multas, incluindo nove por embriaguez, cem por excesso de velocidade, seis por ultrapassagem e mais de duas toneladas de peso excedente. Sete motoristas acabaram detidos por crimes de trânsito e um veículo foi recuperado. Foram realizados dez auxílios a usuários na rodovia. O policiamento ostensivo foi aumentado nos trechos de maior acidentalidade.

Acidentes

Acidente sem vítimas - 4
Acidente com vítimas - 5
Feridos lesões leves - 8

Fiscalização
Veículos fiscalizados - 352
Pessoas fiscalizadas - 331
Testes etilometro - 157
Autuações embriaguez - 9
Autuações gerais - 37
CNH recolhidas - 10
CRLV recolhidos - 1
Radar fotográfico - 74 imagens

Criança morre ao cair em bueiro em Guaporé

Uma brincadeira entre amigos terminou em tragédia no começo da tarde da terça-feira, dia 9 de fevereiro, em Guaporé. Crianças divertiam-se na chuva por volta das 13h20min em um terreno localizado no fim da rua 20 de Novembro, bairro Vila Verde, quando uma delas se desequilibrou e foi sugada para dentro de um bueiro. Guilherme Portela, 11 anos, foi levado pelas águas dentro de tubos de concreto por mais de 400 metros, até ser resgatado, já sem vida, por populares. "Alguns pequenos tentaram retirá-lo, mas a força das águas era demais e eles não conseguiram. Infelizmente", lamentou uma moradora, amiga da família. Sem sucesso na retirada de Portela, as crianças chamaram familiares que imediatamente pediram socorro a amigos e vizinhos. Apesar dos esforços e do risco - alguns chegaram a entrar na tubulação, não houve sucesso e o Corpo de Bombeiros e a Brigada Militar foram acionados para colaborarem nas buscas. Uma máquina retroescavadeira chegou a ajudar, cavando um buraco na tubulação, mas foi em vão. No mesmo momento que abria um valo, próximo de onde o garoto caiu, gritos de "encontramos, encontramos" ecoaram pelo bairro. A movimentação de policiais militares, bombeiros e dos que colaboraram com as buscas foi intensa, e a cerca de 400 metros o corpo de Portela estava sendo resgatado das águas. A localização ocorreu cerca de 40 minutos após a queda. Moradores tentaram insistentemente reanimá-lo, porém, com vários ferimentos pelo corpo, não resistiu. A Polícia Civil compareceu ao local e abrirá inquérito para apurar as causas da tragédia que deixa a população guaporense de luto, em plena festividade de Carnaval.

Aeroclube de Veranópolis vai erguer Centro de Eventos

Através de emenda parlamentar do deputado federal Vilson Covati, no valor de R$ 253 mil, com repasse de R$ 243 e contrapartida da Prefeitura de Veranópolis de R$ 9 mil, o Aeroclube vai construir seu Centro de Eventos. A obra vai beneficiar os aprendizes de pilotagem, sonho antigo dos frequentadores. O convênio foi firmado entre a União Federal, através do Ministério do Turismo, representado pela Caixa Econômica Federal, e o Município de Veranópolis. Contrato, proposta e convênio datam de 2014, e o projeto de engenharia foi aprovado em 2 de outubro de 2015. Foi contratada a empresa Construtora Defendi em licitação de 30 de outubro de 2015, e incluindo material e mão-de-obra o orçamento ficou em R$ 247 mil, publicado em 21 de novembro passado. A vigência vai até julho de 2017, com prestação de contas até setembro do mesmo ano.

Soal passa por reformas

Devido às precárias condições do prédio, que preocupava os associados, a direção da Sociedade Alfredochavense está trocando o telhado, proporcionando maior segurança aos frequentadores. Também foi feita a cobertura da sacada ao lado do salão de festas.

Praça XV tem fiação com problemas

A edição de 5 de fevereiro de Zero Hora noticia a lei de Porto Alegre determinando instalação de fiação subterrânea no Centro e parques. Veranópolis está fazendo o caminho inverso. A Praça XV de Novembro já tinha fiação subterrânea desde a inauguração. Nos últimos três anos, surgiram fios pendurados nos postes, emaranhados em árvores, de qualquer jeito, sem preocupação com a poluição visual - se não estão ligados. Se estão eletrificados, colocam a segurança dos frequentadores em risco. No panfleto turístico da cidade, foi necessário uso de retoque digital para alterar a fotografia.

BR-470, entre Bento Gonçalves e Nova Prata, passa por recapeamento e recuperação

Na tarde de sexta-feira, 5, a Superintendência Regional do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem informou, através do engenheiro Marcos Ferreira, responsável pelo trecho que liga Bento Gonçalves a Nova Prata, que a empresa Traçado programou o início dos serviços de recapeamento e recuperação do pavimento em trinta dias. A empresa, atualmente detentora do Contrato de Restauração e Manutenção das Rodovias da Região da Serra, depende da equipe que está terminando o recapeamento da ERS-324 entre a ERS-129 em Casca até a BRS-470 em Nova Prata. "O trecho da BRS-470 passou por um processo de aditivo que visou a readequação dos projetos básicos. A empresa instalou sua nova usina de asfalto em Veranópolis, visando atender a demanda da rodovia e demais obras que possui na região", explicou o engenheiro. Os serviços de limpeza dos dispositivos de drenagem e a roçada da pista, visando melhorar as condições, estão programados para iniciar ainda em fevereiro.

Aulas nas escolas municipais de ensino fundamental começam no dia 16

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura inicia o ano letivo das escolas municipais de ensino fundamental no dia 15, com reunião pedagógica nas escolas. No dia 16 começam as aulas. O tema para 2016 é 'Juntos, construindo pontes entre os pensamentos globais e as ações locais'. No dia 15, a reunião pedagógica ocorre na EMEF Adriano Farina às 8h, na EMEF Felipe dos Santos também às 8h, EMEF Irmã Joana Aimé às 9h, EMEF Artur Francisco 8h, EMEF Irmão Jerônimo às 14h, e EMEF Senador Alberto Pasqualini às 14h. Às 18h, na Sociedade Alfredochavense, palestra 'Motivação Funcional - O Fazer Mais e Melhor' com o professor Hélio Barbosa, aos profissionais da educação de todas as redes de ensino. As aulas para todos os alunos das escolas municipais de ensino fundamental começam na terça-feira, 16, das 7h30min às 10h no turno matinal, e das 13h às 15h à tarde. A partir do dia 17, o horário será normal. Os alunos do turno integral, no primeiro dia de aula, terão atividades somente no turno da tarde, das 13h às 15h. Depois, o horário será das 7h30min às 17h. Para este ano, os estudantes que precisarem de material escolar nas escolas municipais de ensino fundamental deverão entrar em contato com a direção da escola. A retirada do kit será na Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

Famílias carentes recebem material escolar

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, através do Centro de Referência em Assistência Social, realizou nos dias 27 de janeiro, 1º e 2 de fevereiro entrega de material escolar para 72 famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família. Na ocasião, por conta do Programa de Atenção Integral, foram dadas orientações a respeito do serviço, da necessidade de manutenção do CadÚnico e a importância dos pais estarem atentos às necessidades materiais e emocionais dos filhos, contribuindo para o desenvolvimento saudável. Por conta das condicionalidades do Programa Bolsa Família, no que diz respeito à política de Assistência Social, as famílias foram convocadas a participarem de reuniões ofertadas pelo Cras conforme cronograma. Os bairros Santa Lúcia, Santo Antônio, Pôr do Sol e Palugana participarão nos dias 16 de fevereiro, 17 de março, 28 de abril, 12 de maio e 23 de junho às 14h, ou nos dias 24 de fevereiro, 16 de março, 20 de abril, 25 de maio e 22 de junho, às 17h30min. Para os beneficiários que moram no Centro, São Francisco, Valverde e Universal, os encontros serão nos dias 17 de fevereiro, 9 de março, 13 de abril, 18 de maio e 15 de junho, às 17h30min. Famílias do Renovação, Medianeira, Medianeira III, São Peregrino e interior terão vez nos dias 18 de fevereiro, 10 de março, 14 de abril, 19 de maio e 16 de junho, às 14h.

Camapanha da Fraternidade 2016 discute o saneamento básico

Em 2016, o tema da Campanha da Fraternidade da Igreja Católica é 'Casa comum, nossa responsabilidade'. O lema bíblico apoia-se em Amós 5,24, que diz "quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca". O objetivo da iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil é chamar atenção para a questão do saneamento básico no Brasil e sua importância para garantir desenvolvimento, saúde integral e qualidade de vida para todos. Uma das novidades é a participação da Misereor, entidade episcopal da Igreja Católica da Alemanha que trabalha na cooperação para o desenvolvimento na Ásia, África e América Latina. A colaboração acontece em vista do desejo dos organizadores em transpor fronteiras.

Lucio e Felipe Guedes esperam fazer história no VEC

Todo time que quer ser campeão precisa ter um grupo qualificado, e disso o técnico Luiz Carlos Winck não pode reclamar. O elenco pentacolor é recheado de jogadores campeões, experientes e com passagem por grandes clubes do futebol brasileiro. É o caso dos atletas Lucio e Felipe Guedes. O lateral Lúcio já rodou por diversos clubes e vestiu a camiseta de Palmeiras, São Paulo e Grêmio, todas com muitos títulos. Nascido em Olinda, Pernambuco, adotou o Rio Grande do Sul como segunda casa. Hoje, com 36 anos, quem o vê se admira pela disposição e técnica que o consagrou como um dos melhores laterais do Brasil. Sempre buscando o aperfeiçoamento, Lúcio afirmou estar muito motivado para jogar o Gauchão pelo VEC e espera, assim como nos clubes que passou, trazer muitas alegrias para a torcida. "A motivação é enorme por se tratar de uma grande equipe montada e competitiva, com uma gestão séria e uma torcida que aguarda ansiosa por um ano inteiro de jogos. Estou sonhando o mesmo sonho e quero ajudar o VEC conquistar a vaga no Campeonato Brasileiro. Quem não sonha, não tem motivação. O VEC é uma das forças do Interior, tem uma equipe experiente e um grande treinador e também uma torcida apaixonada. Não será fácil, o Campeonato Gaúcho é intenso e todas as equipes estão bem preparadas, mas acreditamos que é possível e vamos dar o melhor em campo para a alegria ao torcedor", avaliou. Para ele, um jogador marca sua história com títulos. "Espero que Deus me abençoe aqui também. Por onde passei sempre fui iluminado e pude contribuir para que os clubes tivessem êxito no planejamento, e essa entrega dentro de campo é retribuída com as conquistas e com o carinho da torcida. Veranópolis é uma cidade pequena, mas muito acolhedora e o torcedor muito apaixonado. É muito bom receber o carinho e o incentivo nas ruas e na arquibancada. Esperamos, como equipe, fazer história no VEC com o apoio da torcida. Os onze atletas em campo precisam da torcida, ela é o décimo-segundo jogador", garantiu.

Outra peça importante é Felipe Guedes, de 24 anos. O volante já vestiu o manto pentacolor em 2015, e sua vitalidade e resistência de atuar durante os noventa minutos, com todo o gás e com toda a disposição, fez com que em 2016 fosse chamado novamente para integrar o elenco do VEC. "Gratidão e orgulho são as palavras que melhor definem meu sentimento. Fiquei muito feliz quando ligaram me convidando para novamente defender o VEC e espero contribuir de forma significativa nesse campeonato. Finalizar com uma grande conquista, que é colocar o VEC aonde ele merece estar - na elite do futebol brasileiro. O Veranópolis sempre teve o pé no chão e agora sonha com um passo maior. Toda a equipe foi formada com atletas experientes, visando essa vaga. E nós estamos muito motivados, queremos juntos com a torcida, escrever uma nova história para o VEC. Queremos deixar nossa marca gravada na história do clube", declarou.

Fernanda de Lima vai representar o VEC no Musa do Gauchão 2016

A musa pentacolor 2016 é Fernanda de Lima, que vai representar o Veranópolis Esporte Clube no concurso Musa do Gauchão 2016. Fernanda tem 21 anos e estuda Educação Física na Universidade de Caxias do Sul. Apaixonada por esportes, pratica powerlifting, participa de campeonatos nacionais e, em setembro de 2015, foi campeã panamericana e recordista mundial na categoria 50kg. "Me sinto lisonjeada em ser a musa do Veranópolis deste ano, pois é uma terra abençoada, onde o povo é muito trabalhador e honesto. Farei o possível e me esforçarei o máximo para representar com muito orgulho a Terra da Longevidade. Por isso, juntamente com a torcida pentacolor torcerei com muita raça e garra para o VEC alcançar suas metas dentro e fora de campo", garantiu a bela jovem.


VARIEDADES

Morte do ator José Lewgoy completa 13 anos

Na quarta-feira, 10 de fevereiro, completaram-se 13 anos da morte do ator José Lewgoy, ocorrida em 2003 aos 82 anos. Natural de Veranópolis, nasceu em 16 de novembro de 1920, filho de russos. Ao longo da carreira, participou de mais de 100 filmes e fez também novelas e séries. Na Casa da Cultura de Veranópolis existe o Museu José Lewgoy, contendo roupas, premiações, fotos, recortes de jornais e objetos pessoais do artista.

Expo Casca terá encerramento com Duca Leindecker

A quarta Expo Casca acontece de 18 a 21 de fevereiro e já está com a estrutura do parque concluída para receber os expositores. Além das atrações já confirmadas, traz novos espetáculos e shows para os visitantes. No dia 18, 21h, sobe ao palco a Orquestra de Sopros de Nova Prata. No dia 20, às 14h, show com Ragazzi Dei Monti. No dia seguinte, última data da Expo Casca, às 19h toca Duca Leindecker. A entrada é franca em todas os espetáculos. O I Festival da Canção na quarta Expo Casca encerrou as inscrições e contará com 24 candidatos com músicas, incluindo até Belo Horizonte. Informações e programação completa está em www.expocascars.com.br.



REGIÃO

Avenida das Flores segue em obras

A Prefeitura de Vila Flores continuou, nesta semana, a pavimentação da avenida das Flores. A primeira etapa, iniciada no final de janeiro recebendo a primeira camada, deu espaço para a segunda etapa. O projeto tem investimento de R$ 1.157.873,73 e está recebendo elogios da população. Para Eduardo Brestoti, 52 anos, a obra é motivo de orgulho para o povo vilaflorense. "Morei em Caxias do Sul e vi a cidade crescer, a pavimentação de lá não se compara com a daqui, é visível a qualidade do serviço", comentou. Brestoti veio a Vila Flores devido à oportunidade de negócios, sendo proprietário da lotérica. "A mobilidade da cidade será outra, vai facilitar o trânsito de veículos. Esta obra representa uma evolução para a cidade. Antes da pavimentação o piso era muito irregular em sua principal via de acesso", disse. Ele aponta outro melhoramento. "Com as novas bocas-de-lobo que foram colocadas, as poças de água que eram comuns na via, foram solucionadas", observou. 

Vila Flores tem Carnaval inesquecível

Vila Flores promoveu o Carnaval Municipal 2016 com brinquedos e muita diversão comandada pela rainha Mariely Ferreira e pelo tei momo Leandro Gayeski. A banda Longa Metragem fez a animação, e os foliões se divertiram com banho de espuma. Na competição de blocos, o vencedor foi Galera do Chopp, seguido de Flor da Melhor Idade e Vila Nova. Além desses, os blocos É Nóis e Onze Quilos e Meio receberam prêmio de participação. Segundo o secretário de Turismo, Sérgio Peruzzo, o objetivo era oferecer, gratuitamente, um Carnaval com segurança e qualidade. "Realizar em um local onde fosse possível controlar o acesso dos foliões, para garantir segurança. Utilizamos o Parque de Eventos pois sabíamos da sua infraestrutura, que proporcionou qualidade. E ainda respeitamos as pessoas que se incomodavam com o barulho da festa", explicou.

FestFlor faz reunião de avaliação e define novos eventos

Na noite de 4 de fevereiro, a Comissão Organizadora da quarta Fest Flor reuniu-se com o prefeito de Vila Flores, Vilmor Carbonera, para avalição do evento. Na oportunidade, os presentes destacaram os pontos positivos e os de melhora para a próxima edição ser novamente um sucesso. Ficou definido que a FestFlor irá acontecer a cada três anos, sendo a próxima edição em 2018. Carbonera agradeceu o empenho das entidades, agroindústrias, empresas, Câmara de Vereadores, servidores públicos e população vilaflorense. "A projeção era que gastássemos R$ 200 mil no evento, porém com o empenho de todos conseguimos reduzir para R$ 100 mil. Isso representa uma sobra de 50% para ser investido em obras no Município. Também estruturamos nosso Parque de Eventos, oferecendo um local de qualidade para a realização de todos as atividades locais. Gostaria de deixar um agradecimento especial à Comissão Organizadora da festa, que conseguiu realizar um dos maiores eventos da região", saudou. Foi decidido que em 5 de junho haverá o primeiro Festival Gastronômico de Vila Flores, com a Noite Vinhos e Sabores, e no dia seguinte um jantar com os sabores típicos locais. A sugestão foi manter a Diretoria Executiva da FestFlor como responsável por esses eventos - presidente Levino Paludo, vices Dianete Christianetti e Volmar Carbonera, tesoureiros Isidoro Paludo e Darcilo Canevese, e soberanas.

Carnaval Infantil movimenta Cotiporã

No domingo, 7, a Prefeitura Municipal de Cotiporã, via Secretaria de Turismo e Cultura, proporcionou muita diversão a todas as crianças cotiporanenses durante o Carnaval Infantil. Na ocasião foram eleitos como rainha Isabela Dal Mas e como rei momo Luigi Bertolini. As soberanas da sétima Festa In Vêneto - Jordana, Patrícia e Vanessa - estiveram presentes e organizaram diferentes brincadeiras, divertindo-se com as crianças e pais. Para encerrar a folia, a criançada pintou o cabelo e tomou banho de espuma.

Turismo de Cotiporã tem novo rumo

No último dia 4, o Plano Municipal de Turismo foi apresentado na Câmara Municipal de Vereadores, documento de suma importância para o desenvolvimento do setor nos próximos anos. Elaborado pelos integrantes do Conselho Municipal de Turismo, prestadores de serviço ligados ao Município e com apoio da Associação de Turismo da Serra - Atuaserra, visa prioridades para a evolução da atividade turísticao, como infraestrutura, políticas públicas, economia, sustentabilidade e variáveis. Beatriz Paulos, diretora-executiva da Atuaserra, explicou que o plano visa também incluir Cotiporã como destino turístico, criando condições favoráveis através de ações promovidas pela união de todos. O prefeito Breda, que acompanhou e auxiliou na elaboração do plano, reforçou o potencial turístico que tem a cidade, com riquezas culturais e ambientais que devem ser preservadas. Durante a audiência, um grande número de pessoas presentes pôde questionar, opinar e auxiliar no Plano Municipal de Turismo.

Cotiporã combate mosquitos

O Ministério da Saúde declarou situação de emergência em saúde pública de importância nacional devido às sérias complicações causadas pelo mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. Para tanto, nesta semana os agentes comunitários de Saúde de Cotiporã iniciaram treinamento para capacitação contra a dengue, pois até maio vão se dedicar integralmente ao combate. O curso de atualização no combate vetorial ao Aedes tem carga horária de 22 horas e possibilita aos agentes mais conhecimentos sobre o mosquito, doença, sintomas, formas de prevenção e toda a atenção necessária para evitar que o inseto se prolifere. Agentes e profissionais de Saúde estarão divulgando em rádios locais as orientações sobre o controle, promovendo atividades educativas durante o 22º Rodeio de Cotiporã, revisão dos prédios públicos, reuniões para discutir a situação de Cotiporã e intensa divulgação através do Facebook. Em Cotiporã, o trabalho contra o mosquito da dengue já estava sendo realizado pela agente de combate às endemias, com vistorias, orientações e análise de larvas encontradas. Até o momento nenhum foco foi encontrado.

Começa o ano letivo na Caminhos do Aprender, em Fagundes

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto de Fagundes Varela deu início no dia 11 de fevereiro às aulas na Escola Municipal de Ensino Fundamental Caminhos do Aprender. Alunos da Educação Infantil - Creche - 0 a 3 anos, já começaram as atividades, das 6h45min às 17h15min para os alunos do tempo integral, e das 12h45min às 17h15min para os alunos do parcial. No dia 22 começam as aulas para os estudantes do nível A e B da Educação Infantil e do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental. Para quem está matriculado no tempo integral - nível A e B, e primeiro ano, aulas das 7h40min às 17h. Já para o segundo e terceiro ano do Ensino Fundamental, turno da tarde, as atividades são das 13h às 17h. Alunos do quarto e quinto ano do Fundamental, turno da manhã, têm aula das 7h40min às 11h40min. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3445-1393 ou 9933-0273.


COLUNAS

Nosso Mundo

Foto: Arquivo Pessoal

Caridade proibida - Recentemente, na cidade de São Carlos, SP, o médico veterinário Ricardo Fehr foi proibido pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária de fazer caridade. Ele e sua esposa são veterinários e passaram a dedicar os sábados para atender gratuitamente a todos os animais de pessoas de baixa renda. No último dia 30 de janeiro, ele recebeu a visita de uma fiscal do CRMV, que o proibiu de continuar seu serviço humanitário gratuito, sob alegação de que essa prática contraria o Manual de Ética da classe, que diz que é antiético cobrar abaixo do valor estipulado pelo Conselho. No caso de cobrar menos ou oferecer o serviço gratuito, ele poderá sofrer sanções legais e até perder o direito de trabalhar. Ele só poderia exercer esse serviço se fosse considerado de utilidade pública, mas o CRMV não reconhece que tratar os animais de pessoas carentes seja um serviço de utilidade pública. No caso, a única forma para que ele faça o serviço humanitário é com a abertura de uma organização não governamental, com toda a burocracia e eventuais taxas pertinentes. Em outras palavras, esse Conselho proíbe um profissional de doar seu tempo para fazer caridade. Curioso que essa postura totalmente estranha do Conselho já é definida em seu juramento oficial de classe, que diz "sob a proteção de Deus, prometo que, no exercício da Medicina Veterinária, cumprirei os dispositivos legais e normativos, com especial atenção ao Código de Ética, sempre buscando uma harmonização perfeita entre ciência e arte, para tanto aplicando os conhecimentos científicos e técnicos em beneficio da prevenção e cura de doenças animais, tendo como objetivo o homem".

Ora, fica claro um objetivo corporativo, no qual parece ter maior ênfase o compromisso com o Conselho e seu código, em relação ao bem-estar animal ou a prática da caridade. Muitos também acreditam que o objetivo final deveria ser o animal e não o homem, ou seja, é um juramento que deixa muito a desejar. Existe outro juramento, não oficial, que corrige essas falhas - "juro, na condição de médico veterinário, doar meus conhecimentos em prol da salvação e do bem-estar da vida animal, respeitando-a tal qual a vida humana e promovendo convívio leal e fraterno entre o homem e as demais espécies, em um gesto sublime de respeito a Deus e à natureza". Esse juramento é muito mais adequado, mas infelizmente não é aceito como oficial. Em outros países existe a preocupação com a saúde animal, mas aqui no Brasil a preocupação maior é com que o veterinário não cobre valores menores do que os definidos pelo Conselho. Caridade, nem pensar. É proibido.

Deveriam se espelhar nos juramentos de cursos normais de Medicina, onde uma das frases do famoso Juramento de Hipócrates diz, textualmente, "a saúde do meu doente será a minha primeira preocupação". Talvez, por isso, muitos médicos fazem caridade pelo país, sem a ingerência nefasta de um Conselho e seu Código de Ética corporativo. O mundo precisa de boas ações. Quando acontecem, devem ser enaltecidas e não penalizadas, como é o caso atual.
* Célio Pezza


ESPECIAIS

Troféu Imprensa Regional 2ª edição - clique aqui para ler na íntegra